Não apago as memórias que vão voltar.

Em certos museus, não é permitido tirar fotografias dentro. (Diga-se de passagem: até entendo, mas não concordo.) Logo, com o tempo, aos poucos, nossas memórias vão sumindo. Nada mais natural. Ainda mais durante uma viagem turística, quando se visita trocentos lugares diferentes num período curto de tempo.

Um dos museus que eu fui e que se encaixa na descrição é o Van Gogh Museum, em Amsterdam. Nada de fotos no meu arquivo.

Foi por acidente, ZANZANDO no Google Maps, que eu descobri que existe Google Street View dentro de alguns museus! Ótimo para puxar algumas memórias que estavam completamente em STANDBY no fundo do cérebro.

Foi passeando virtualmente pelo museu que me lembrei de dezenas de coisas que vi ao vivo. O mais legal é que no lado esquerdo da tela tem os ANDARES do museu. Aqueles 0, 1, 2 e 3. É só ir subindo e descendo. Bravo, Google!

Depois de andar por todo Van Gogh Museum sentado à frente do meu computador, fui fazer o mesmo no Palácio Nacional da Pena, em Sintra (Portugal). Mas esse ainda não tem Street View. TAÍ UMA SUGESTÃO, SEU GOOGLE. NÃO DEIXARAM EU TIRAR FOTOS LÁ TAMBÉM!

P.S.: crianças, não confundam passeio virtual com sedentarismo. :D

Uma resposta para Não apago as memórias que vão voltar.

  1. igor fumagalli disse:

    No de Sydney tem esse mesmo esquema, e la pode tirar fotos a vontade. Boa sacada dos Google. Valeu pela dica.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s