Sobre 1º de maio de 1994.

A morte do Senna já tinha acontecido há alguns dias. Os jornais ainda publicavam matérias diárias sobre isso. Porque não foi só o acidente e a morte dele. Teve o enterro, dias depois, transmitido ao vivo. Depois vieram os documentários. As televisões continuavam fazendo diversas matérias sobre o Ayrton.

Durante uma dessas reportagens, minha irmã chegou pra mim e perguntou:

– Tu chorou quando o Senna morreu?

– Foi horrível, né? O Brasil inteiro ligado na Globo, esperando alguma notícia boa. A cada plantão… Nossa! Tocava a musiquinha e todo mundo ficava nervoso pra caramba. E nada de notícia boa. Era sempre aquele papo de “estamos esperando o boletim médico”. Aos poucos, o otimismo do povo ia acabando. Ele quase não havia se mexido depois do acidente, e isso não era um bom sinal. Aí no terceiro ou quarto plantão, veio o Roberto Cabrini com aquela cara de poucos amigos e anunciou a morte do Senna ao vivo para todos. Foi um dia muito triste. Não só eu, mas todos nós choramos. Ficamos desolados. Lembro que o Senna foi homenageado antes de todos os jogos de futebol daquele domingo. Tem coisas que a gente não esquece. Inter 0 x 0 Santa Cruz, pelo Campeonato Gaúcho. Nem tinha clima para jogo. Tenho mais memórias desse dia: eu não estava assistindo à corrida no exato momento do acidente. Eu acordava todos os domingos de Fórmula 1, sim, mas na hora do acidente eu estava na cozinha, ou em outra parte da casa. O pai me chamou e eu desci correndo. Ao ver o replay, senti um calafrio. Aquela mexida da cabeça logo após o acidente, que o Galvão Bueno classificou como “ele está vivo, ele está se mexendo”, para mim claramente significava outra coisa. Triste, muito triste. Era um ídolo que estávamos perdendo. Eu estava deitado no sofá quando veio o anúncio. Chorei, sim, e saí andando sem rumo pela casa.

– O Damon HILL.

4 respostas para Sobre 1º de maio de 1994.

  1. Lucas Gomes disse:

    Livro do Vavo em alguns dias…

  2. Cabeça de Fandangos disse:

    Isso DEFINE a TROLLADA.

  3. eversenna disse:

    Não consegui rir com a trollada do texto, apesar de ser bem colocada. O impacto dessa morte em mim foi assombroso. Até hoje, meu ídolo-mor e parente distante, mas que parecia menos distante a cada ultrapassagem…

  4. MPL disse:

    Ner……dS!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s