A vergonha do telemarketing da Vivo.

Toca meu telefone fixo. Não tenho bina, logo, atendi.

“Alô, poderia falar com o senhor Gustavo Fum… fuma… maga… magalli… Monta… Monto… Manto… Mantona… Mantovani?”

Eles não se prestam a ler o nome da pessoa antes da ligação.

“Falo em nome da Vivo e desde já quero avisar que esta ligação está sendo gravada.”

Isso só faz quem está no outro lado da linha se sentir um bandido, mas vamos lá.

“Meu nome é Fulana e estou aqui para dizer que você tem muitos pontos acumulados e lhe oferecer opções para trocá-los. Poderia me confirmar alguns dados?”

Olha, se ela ligou para MINHA casa, por que preciso confirmar se eu sou eu? Quem tem que desconfiar sou eu, e não ela. Mesmo assim, só não interrompi a ligação porque eu REALMENTE tenho muitos pontos acumulados ao longo dos anos e não sei o que fazer com eles.

“Seu nome é Gustavo, seu telefone celular é xxxx-xxxx, correto?”

Correto.

“Os três primeiros números do seu CPF são XXX, e os dois últimos são XX, poderia comfirmar os seis números do meio?”

Que que é isso? Confirmar os seis números do meio? Nessa hora, eu pensei em dizer os números errados. Ela, embora soubesse que fosse realmente eu do outro lado da linha, teria que seguir o PROTOCOLO e desligar. Mas, como até então eu estava de bom humor, dei os números certos e continuei.

“Poderia me dizer seu RG?”

Aí eu aleguei que já tinha confirmado o CPF e que não pretendia ficar dando todos os meus dados. Ela disse:

“Não precisa se preocupar. O nome da sua mãe é tal e você mora na rua X, número Y. Nós temos todo o cadastro e só precisamos checar alguns dados.”

Falei o RG. Ela confirmou, repetiu o número (com o último dígito errado) e reforçou dizendo que o RG foi feito em São Paulo. O que não é verdade, foi feito em Porto Alegre.

“Ótimo. Agora vou lhe dar algumas opções. Quero te oferecer um plano internacional. Qual a sua renda mensal?”

Nesse momento, eu disse que essa não é o tipo de informação que eu gostaria de dar. Para minha surpresa, depois de um breve diálogo sobre isso, recebi como resposta:

“O senhor não tem porque se sentir desconfiado. Eu, por exemplo, ganho 350 reais. O senhor não tem o que fazer com essa informação. Poderia me dizer um valor aproximado?”

Disse que sou autônomo e reforcei que não quero dar essa informação. Por incrível que pareça, ela insistiu. Então, falei que ganhava 2 mil reais.

Com essa informação, ela começou a vomitar informações sobre um plano internacional com a pior entonação do mundo. Era impossível entender o que ela falava, que tão constante e monótono que era o texto. Um robô, praticamente.

Depois de uns 2 ou 3 minutos falando sem parar, eu a interrompi:

“Peraí, peraí… Minha querida, não estou entendendo nada do que tu está falando. Desculpa, mas não é o momento de falar comigo sobre isso. Inclusive, estou assistindo a um programa de televisão e essa ligação me atrapalhou. Perdão, mas vou desligar.”

Ela, já com voz de emburrada: “Que horas eu posso retornar mais tarde?”

Eu: “Não precisa retornar, eu não quero nenhum pacote. Mais além, vou à loja da Vivo e me informo sobre os meus pontos, ok? Obrigado.”

Ela, ainda emburrada: “Mas me dê um horário que eu ligo e conversamos.”

Eu: “Não precisa mesmo. Por sinal, se tiver algum lugar no meu cadastro em que tu possa marcar um ‘X’ para nunca mais me ligarem, faça-o. Depois eu vou até a loj……”

E, quando eu falei isso, ela DESLIGOU NA MINHA CARA!

O que eu pensei em fazer dez vezes durante a ligação (mas não fiz porque meu nível de educação não permite), ela fez sem pestanejar. Desligou na minha cara.

E o bom e velho “a Vivo agradece sua atenção e tenha uma boa tarde”, não existe mais?

Quem diria. Eu imaginei que a minha primeira desligada na cara fosse em uma briga com a namorada, ou algo assim. Não. Foi da minha própria operadora de telefone celular, que eu ajudo a sustentar pagando razoável quantia mensalmente, e que me ligou na minha casa SEM EU PEDIR.

VIVO: eu sei que vocês estão lendo isso. Que vergonha, hein? Vão contratar, treinar e EDUCAR melhor seus funcionários.

Anúncios

23 Responses to A vergonha do telemarketing da Vivo.

  1. Grande vivo. Sempre me acordando aos domingos de manhã. Se tu tivesse falado que era músico, e da Fresno ainda, ela teria te tratado com mais educação, tenha certeza.
    Então tu tem celular vivo Gustavo G.G (Stalker feelings detected)

  2. Yaísa disse:

    então teu celular é da vivo… :B

  3. Yaísa disse:

    Telemarketing é uma desgraça MESMO.

  4. RobsonTavs disse:

    Vergonha saber que uma empresa tão grande contrata funcionários mal educados, o que por sinal deve irritar muitas pessoas diariamente

  5. Aninha nx _ Fresno disse:

    Kkkkkkk isso eh o cumulo, raxei de rir.kkk

  6. PORRA, isso já aconteceu comigo, fiquei P da vida com a falta de educação da parte da funcionária, eu pensei em desligar, mas ela quem fez isso, pessoas sem noção, tomam o nosso tempo e depois nos vem com uma dessas, deveriam morrer. rs’
    BEIJOS VAVO!!

  7. Sarah disse:

    O ruim eh q esse num eh apenas um problema da vivo….eh de qlqr central de atendimento… Eu sou operadora de telemarketing e vejo issu td dia… Doida pra arrumar otro emprego issu num eh vida! (ah e antes q vc me crucifiquem eu sou operadora receptiva, ou seja,nao ligo pra casa de ninguem!)

  8. Não é só o da Vivo que ta assim, o serviço de Telemarketing do Brasil ta vergonhoso.

  9. Amanda disse:

    A vivo é uma droga Vavo, muda…

  10. Ana Oliveira disse:

    Não imagino que ela seja da Vivo. Provavelmente seja de uma terceirizada que realmente paga 350 “pila” pra ela ficar de segunda a sábado ligando. Bem vindo a escravidão ;S

  11. Ana Oliveira disse:

    Faltou um não ali na frase

  12. Bianca disse:

    Mas pior que pagando R$350 não dá pra esperar um funcionário qualificado…

    Uma empresa que paga um salário desse não deve estar investindo em qualificação D:

  13. infelizmente, já trabalhei com telemarketing e tenho explicações. o sistema de ligações é automático (porque todo segundo é controlado): as ligações “caem” na tela e a pessoa não tem MESMO tempo de ler o nome completo do cliente. você clica no botão para cair ligação e tem alguns segundos entre um cliente e outro, quase não dá para beber água. é OBRIGAÇÃO dizer que a ligação está sendo gravada. a confirmação de dados é necessária, porque outra pessoa que mora na casa também pode atender o telefone. na minha empresa, nós tínhamos que pedir para o cliente falar o CPF completo sozinho. os atendentes falam como robôs, porque fazem mais de 150 ligações em menos de 6 horas, dizendo as mesmas coisas, quase sem tempo nem pra respirar. as ligações são gravadas e monitores escolhem algumas ao acaso para darem nota. se o atendente não insistiu, a nota é baixa e é chamada a sua atenção, além de não poder concorrer a vagas a cargos menos piores ou campanhas de incentivo. como o atendente NÃO escolhe o cliente para o qual vai ligar (automático), NÃO TEM COMO marcar para não ligarem mais. não que seja uma justificativa, mas atendentes de telemarketing são mal pagos, têm um trabalho controlado e monótono, metas elevadas e é complicado, nesse cenário, serem educados com todos os clientes, principalmente, considerando que 70% dos clientes anteriores do mesmo dia foram mal-educados. as empresas de telemarketing são terceirizadas e, realmente, não há cuidado nenhum em relação à imagem do produto. dizem que o atendimento dos Laboratórios Fleury é ótimo, mas não tenho certeza se é terceirizado.

  14. Na minha empresa, o trabalho era de segunda a sábado e tinha hora extra no domingo, que já começou às 7h ou às 8h, acho.

  15. Michelle disse:

    Bom, sei q é horrivel um operador t liga fala fala e fala e qndo o cliente diz ‘nao qro’ alguns dsligam na kra. Mais pergunto: sabe dzr oq acontc dntro d uma operaçao d telemarketing? NÃO, Entao educadamente digo: tem clientes q dzm q o atendnte n tm educacao, + atendem cada cliente mal educado q xinga sua mae p cima e ainda diz q sabe muito bem o procedimento, entao digo, sab o procedimento e ta ligando p que? sou atendnte e sei bem oq é fzr um treinamento p atndr clientes q acham q sabem tdo e te xinga, obvio q educacao é fundamental e alguns nao tem, mais nao julguem mal um atndnte pq nos sim sabmos oq acontc na empresa, vcs clientes nao, entao tbm tenham + educacao cm o atndnte pq se nao fosse nos, vcs ligariam p ond qndo precisam? fuiii

  16. kamila disse:

    Eu sou operadora de telemarketing ativo da operadora vivo porem trato bem os meus clientes voces nao podem generalizar,embora tenha alguns clientes que merecem ouvir poucas e boas mas enfim esse ê o nosso trabalho.

  17. Liliane disse:

    Já trabalhei com telemarketing receptivo durante 4 anos, e o negócio é triste, as empresas terceirizadas contratam qualquer um, tem pessoas que nem sabem escrever e ler o próprio nome, teve uma vez que tive que trabalhar com uma pessoa que nem sabia digitar no computador muito menos acessar a telas do sistema, mas encontrei muitos profissionais do telemarketing que atendem muito bem os clientes, super educados

  18. fernando h ...... disse:

    estou inteiramente de acordo profissionais de telemarketig se e que pode ser chamado assim . a maior parte nao sabe nem escrever belos profissionais a vivo contrata vivo so tranqueira a comecar pelos suas linhas telefonicas fiquem vivo clientes nao contratem esses servicos cuidado…………………

  19. Damaris Neves disse:

    Oi.vim aqui para esclarecer alguns porens.primeiro lugar:sou op.telemarkting de uma empresa terceirizada q presta serviços vivo.a empresa é maravilhosa.o salário não é aquelas coisas sabe.mas tem o chamado cofrinho.premiacoes e etc.quando ligo p vc cliente.sou bem educada.alo bm dia, meu nome é mary.mas as pessoas ja vemos com 7 pedras; gritam e xingam sem eu começar a abordagem.ah de novo a vivo! gente a culpa não é nossa é do sistema falho.acredite atrás daquela voz q fala com vc.tem um ser.um pai ou uma mãe de familia.ta ali p ganhar o sustento . conheço. varias amigas q precisam passar por isso pois é sem opção. pense melhor antes de julgar a pedra que vc atira é a mesma q te faz tropeçar. sem mais.vlw

  20. alessandra disse:

    trabalho numa empresa terceirizada q presta serviço pra vivo.
    Fala mal de um telemarketing e fácil dificíl e ta na nossa pele, apenas tamos fazendo o nosso trabalho se pedimos pro cliente confirmar certas coisas e pq tamos cumprindo ordens, n e nos q ligamos para os clientes e o sistema q direciona a ligação pra nos, muitas das vezes antes de nos fala certas coisas o cliente ja vem nos tratando mal, ganhamos muito pouco, mas precisamos desse emprego
    as pessoas deveriam se mas educadas e compreender melhor o nosso trabalho antes d julgar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s