A HISTÓRIA DO POSTO

Anteontem escrevi no Twitter essa mensagem:

“Tô preso num posto de gasolina sem dinheiro vivo, com o caixa 24 Horas estragado e chovendo pra caralho. Não sei o que fazer.”

Recebi várias dicas de como proceder. O problema era que, na verdade, a situação não era tão resumida quanto nos 140 caracteres acima. Aí vai a história completa.

Eram aproximadamente 23h30. Chovia muito. Divertíamo-nos em um churrasco, onde estavam captando imagens para o nosso próximo videoclipe.

Todos decidiram ir a uma festa. Eu, cansado, não queria. Como estava sem carro, precisava pegar um táxi para casa. Como também estava sem dinheiro vivo, pedi para me deixarem em um posto de gasolina no caminho da balada. Lá, eu sacaria dinheiro no caixa 24 Horas e tomaria um táxi de volta a minha moradia.

Erro número 1: desci do táxi e permiti que meus amigos fossem embora sem a confirmação de que meu saque fora bem sucedido.

Erro número 2: comi um picolé ANTES de sacar o dinheiro.

Continuando. Fui até o caixa e tentei sacar o dinheiro. A máquina acusava falta de comunicação com o banco. Tentei a segunda, a terceira e a quarta vez. Nada de dinheiro.

Havia um posto a 100 metros deste que eu estava. Bastaria eu caminhar até lá e sacar no outro caixa. Porém, como eu disse antes, chovia a cântaros.

Pensei em chamar alguém para me buscar. Mas, a essas alturas, meus amigos já estavam dentro da festa. Meu pai e minha mãe já dormiam – e eu não queria acordá-los.

A próxima alternativa seria chamar um táxi que aceitasse cartão de crédito ou débito. Seria uma boa solução, se eu não tivesse comido o maldito Chicabon. Até isso conspirava contra: o cartão de débito da loja do posto também estava com falta de comunicação com o banco.

Sem mais opções, escrevi no Twitter a mensagem supracitada.

Agora, com a história completa, aceitem que todas as sugestões que me deram não eram proveitosas.

O que eu fiz: nada. Apenas esperei. Algum tempo depois, o débito da lojinha voltou a funcionar. Passei os R$ 2,20 do picolé.

Depois disso, fiquei observando a lataria dos táxis que passavam na rua até conseguir o número de uma central de táxis. Fiz a ligação, e me disseram que um carro chegaria em 30 minutos.

Chegou em menos de 15! Dos males, o menor.

Anúncios

18 Responses to A HISTÓRIA DO POSTO

  1. entediadopornatureza disse:

    hehe boa história

  2. Ariane disse:

    tadinhho vavoo
    asushauas
    que bomm =) que deu tudo certo no fianl

  3. Carolina Bueno disse:

    haha adorei. passei uma parecida, mas nos eua e com carro.

  4. Ô Vavinho, tava fodido e mal pago hein? Pena que eu não sou daí nem tenho carro, se não, te levava pra casa ):
    Ainda bem que tudo ficou bem <3

  5. @luuaanacarolina disse:

    você é bem paciente, eu no mínimo teria chorado todo o tempo, ou não (nunca) teria negado a balada.

  6. Bruno disse:

    Até que teve sorte em… Na ultima das ultimas, twitava com geolocation pedindo um dinheiro emprestado e/ou uma carona.
    Certo que conseguiria um dos dois.

    Ja se fosse comigo… bem provavel passar a noite toda esperando a maquina do cartao funcionar.

  7. Shirley disse:

    Menino babado em mais acredite ” agente entra em cada friaa ” Disso eu entendo pense ,,,aff TENSA
    VAVA AMOR DA UM RECADINHO PRA MIM
    pEDI PRO LUCAS ME SEGUIR POR FAVOR
    EU IMPLOROOOOOOOOO
    PEDI VAII ME SEGUEI TBM ME ADD NO MSN
    PRECISO ENTRAR EM CONTATO COM VCS
    É UM ASUSNTO DE EXTREVA IMPORTANCIA PRA VCS DA BANDA
    sarah_highschool_musical@hotmail.com

  8. HSUIAHSUIA tadinnnnho :(
    Haha foi engraçado a parte do sorvete.

  9. LEo disse:

    Já passei por situação quuuase análoga..hehe…. no ponto, sem dinheiro nenhum (nem no cartãozinho do bus…), e “tomando” o coletivo com uma cara de “maior inocente e surpreso do mundo” ao ter minha passagem bloqueada… detalhe, um adesivo colado no vidro dizia: Artigo 157, estelionato, blá blá blá….rs

  10. @anapnewport disse:

    Já passei por várias.
    Uma delas foi o meu primeiro dia de aula com o Bell, há uns 4 meses…
    Eu tinha marcado aula com ele no Paulo B só que ele tinha esquecido de avisar que teria a gravação da Fresno ao vivo na showlivre. Ou seja, bolo.
    Cheguei lá quase morrendo de ansiedade, tomei um chá de cadeira mas pelo menos tinha a companhia do Paulo e por coincidência ele é pai de uns amigos meus e morava no prédio que eu atualmente moro. Ficamos cerca de umas duas horas conversando até que cheguei na conclusão que ele não viria mesmo. Aí fomos naquela sala maior que tem uma bateria Premier muito linda, ele meio que me ensinou a afinar uma batera e me deu várias dicas de tocar várias coisas…Pelo menos não perdi a viagem.
    Estava saindo da Caiubí, começou uma chuva estrondosa….Estava com fome e fui ao Subway da Sumaré pra dar um pouco de tempo pra chuva parar. Comi uns 3 lanches até quase explodir e a chuva só aumentou, sem ter o que fazer, tive que encarar.
    Meu cabelo já não era mais cabelo mas pelo menos eu não estava com uma blusa branca pra ficar transparente hehehe
    Pronto, depois de muita caminhada consegui chegar no ponto perto do West Plaza. Mas peguei o ônibus errado.
    De vez eu ter pego o Pery Alto, peguei o Cardeal Arco Verde (perceba a minha insuficiência de me localizar, o Pery Alto estava ao outro lado da Avenida)
    Fui perceber uns 10 minutos depois….Desesperada, fui voltando a pé de novo e botei na minha cabeça: ”nada mais pode dar errado”
    Sem sucesso, percebi que não tinha mais dinheiro pra condução, havia gastado tudo em Subway e naquele ônibus inútil (pelo menos não foi um simples Chicabon hahaha)
    Entrei de cabeça baixa no Pery Alto e olhei com aquela cara de gatinho do Shrek pra cobradora. Pelo menos ela não me expulsou do ônibus
    Enfim em casa.
    Molhada, sem dinheiro, sem aula, sem merda nenhuma.
    O Bell do nada me ligou me pedindo desculpas (não lembro o que ele falou ao certo) e queria marcar uma aula comigo na casa dele.
    OH WAIT. Meu ídolo ia me dar aula, na casa dele? Que honra.
    Esqueci de tudo que passei e digo que hoje valeu muito a pena, porque continuo fazendo aula com ele e não tenho vergonha de dizer que ele é o meu exemplo de vida.

    Resultado da primeira e SOFRIDA aula:

    Beijos, Ana P.

  11. IGNOROU que eu te liguei né CABEÇÃO

  12. E eu achando que era azarada!
    O mundo conspira contra eu diariamente, sempre rola uma dessas, mas a pior de todas foi quando eu fiquei num “congestionamento de metro” que me fez chegar 5 min atrasada na rodoviária de Pompéia que me fez perder o ônibus da empresa aérea direto pro aeroporto (que era de graça), o próximo era só 3 horas depois, que faria eu chegar na hora do meu voo, mas dali não tinha ônibus direto pra Campinas, eu teria que pegar outro outro bus pra outro lugar pra depois ir pro aero, mas eu não tinha dinheiro, nem conhecimento (sou do RS) pra fazer toda essa baldeação e tal, no fim tive que ficar esperando 3 horas o ônibus, cheguei em cima do laço no aeroporto e consegui voltar pra casa :D hauehuae

  13. juliana heck disse:

    Erro número 2: comi um picolé ANTES de sacar o dinheiro.

    vavo me explica isso:o que tem a ver que tu comeu o
    picolé?
    não entendi mesmo :I
    obg !

  14. Luan Ferreira disse:

    Pô, aceitamos, mas tentamos ajudar. Ao menos podia agradecer ;p

    Mas eu acho que teria sido mais fácil entrar no Google pelo celular e achar o telefone de uma central, ao invés de ir olhando os táxis hehe. Anyway, que bom que deu tudo certo no fim das contas.

    Abraço, e valeu por compartilhar a história completa. Eu tinha visto teu tweet no dia do ocorrido e enviei uma resposta na hora.

    @diasnovos @insanogenial

  15. juliana heck disse:

    Mas o que tem a ver o picole? :((
    se alguem souber me fala,agradeço !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s