BRASIL 0-2 MÉXICO

O que o mestre Vavo disse, antes de começar o jogo?

“Vai ser 2 a 0 pro México.”

A Seleção começou bem, tomou um gol e morreu. Morta, tomou o segundo gol. Depois do intervalo, voltou com tudo. Mas Deus (ou alguém relacionado a sua respectiva religião) não queria que a bola entrasse. Vamos às notas do Brasil do jogo de hoje:

Doni – Fez um baita defesa numa cabeçada do mexicano, o que compensa o gol sofrido de falta em que ficou parado. Rogério Ceni fazendo escola (a dos goleiros preguiçosos que não se atiram). Nota: 5.

Maicon – Eu sempre me contive pra dizer isso, mas é seguramente uns dos 3 piores jogadores que eu já vi com a camisa amarela. Certa feita, em 2004, fez um gol driblando 5 paraguaios que garantiu suas convocações esporádicas por mais alguns anos. Mas agora chega, né Dunga? Deixou o mexicano em condições no primeiro gol. Nota: 1.

Alex – Nem de longe lembrou o zagueiro seguro e artilheiro do PSV. Cada vez que dominava a bola e vinha um mexicano correndo, a torcida brasileira entrava em pânico. Quase fez dois gols de cabeça, mas “quase” não serve. Nota: 5.

Juan – Tomou janelinha e ficou bravo quando o Castillo foi cruzar de letra. Nota: 4.

Gilberto – Não fez nada. Mas pelo menos pode melhorar, ao contrário do Maicon que é ruim mesmo e não tem solução. Nota: 4.

Mineiro – Só vi que ele estava no jogo aos 30 minutos do primeiro tempo. Se arriscou no ataque, mas deu um chute horrível. Tentou dois cruzamentos de três dedos. Errou ambos. Nota: 5.

Gilberto Silva – Quando o Gilberto Silva é o capitão e principal figura da Seleção, é de se esperar que o time não vai dar muito certo. Burocrático, rei dos passes para o lado. Lento, não chegou nem perto do ataque. Nota: 3.

Elano – Ele jogou? Nota: 2.

Diego – Fez um bonito gol – impedido. Praticamente não tocou na bola no resto do jogo. Nota: 4.

Robinho – Foi pro ataque, driblou todo mundo, chutou. Mas, todos sabemos, uma andorinha sozinha não faz verão. Nesse momento, deve estar rezando à espera de ajuda. Nota: 7.

Vágner Love – Patético. O que esse cara faz na Seleção? Que méritos ele tem na carreira? Artilheiro da Série B de 2003 pelo Palmeiras? Empurra pra dentro do gol as bolas que o Daniel Carvalho cruza na Rússia? Ah, pára. Nota: 1.

Daniel Alves – Nem jogou direito, apesar de ser aclamado na Europa como o melhor lateral-direito do mundo. Espero que comece de titular a próxima. Sem nota.

Ânderson – Finalmente alguém jogando bola! Um oásis de habilidade. Se não começar o próximo jogo, mandemos o Dunga para a cadeia. Responsável pelo crescimento do time no segundo tempo. Merecia o gol. Nota: 8.

Afonso – Mais uma vez, mostrou ser 73 vezes melhor que o Vágner Love. Também tem que começar o próximo jogo, por favor! Nota: 6.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s