BRASIL 4-1 ITÁLIA

Falando em Pelé, hoje eu assisti do início ao fim a final da Copa do Mundo de 1970. Fatos:

* O jogo é muito lento, muito mesmo. Pode-se pensar 7 segundos antes de fazer um lançamento.
* A permissão da recuada para o goleiro arrastava muito o jogo. Bendita Fifa que mudou as regras após a Copa de 90.
* Os goleiros não tinham mais do que 1,80 m. Um Dida da vida naquela época seria Deus.
* Pelé apanhou demais. E reclamou do juiz demais também.
* Houve umas 10 faltas que nos padrões atuais do futebol seriam pra cartão vermelho.
* O Brasil teve 8 faltas na risca da área, e o Rivelino chutou quase todas por cima. A que ele acertou na trave foi chutada de pé direito.
* Pelé, mesmo velho e em fim de carreira, ainda dava mostras de ter sido o melhor jogador do mundo.
* Clodoaldo é melhor volante do que qualquer um da atualidade.
* Tostão e Gérson não mostraram todo o futebol de que ouvi falar.
* Invadia-se o campo com muita facilidade nas comemorações dos gols. Fotógrafos iam até o centro do campo.
* Zagallo só tinha um ‘L’.

Próximo jogo: Itália 3-2 Brasil, 1982, a chamada Tragédia do Sarriá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s