ZÉ CARLOS, CHARLES E BOBÔ

Não sei se é assim com todo mundo. Em 1998, o Fluminense estava prestes a cair pra Terceira Divisão. Eu achei engraçado quando ele caiu pra Segunda, e mais ainda quando caiu pela segunda vez. E quem, fora eles, não achava? Cada vez que eles perdiam uma partida da Terceira Divisão eram gragalhadas de todos os lados.

Faltando umas 3 rodadas para o fim, me bateu um sentimento de PENA, eu acho. Comecei a torcer com todas minhas forças para o Fluminense ganhar e se manter na Segunda. No último jogo eles precisavam ganhar e empataram em 1 a 1 contra o ABC, se não me engano. Pô, eu fiquei triste pra caramba. É sempre legal ver um time grande se dar mal, mas ali já tinha passado dos limites.

Hoje me bateu o mesmo sentimento pelo Bahia. Confesso que um dos times que eu mais gosto no Brasil é o Bahia. Mesmo tendo ganho do Inter na final do Brasileiro de 88. Agora tá lá embaixo, na zona de descenso à Terceirona. Desta vez vou ser mais ágil. Em vez de esperar a antepenúltima rodada, vou começar minha torcida quando ainda faltam sete. Viva o Bahia!

Ah sim, a mensagem desse texto era: certamente se eu tivesse um inimigo mortal não conseguiria dar a punhalada final que o liquidasse. Sou fraquinho, fraquinho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s