BEDROOM TALK

Nas primeiras 14 vezes que eu escutei o novo álbum do No Use For a Name não vi nada de mais.

Mas agora, na décima-quinta, MEU DEUS. Esse é o melhor cd de 2005 até agora. Foi mais ou menos o mesmo efeito do novo cd do Starting Line. Só comecei a aceitar depois de ouvir muitas vezes. Só que o do No Use é MUITO melhor. E também os nomes das músicas não remetem a levar fãs para a cama ou fazer sexo na frente de câmeras. Se eu tivesse o clip de Bedroom Talk dava um print screen do vocalista feio de chapinha comendo uma gostosa.

Editando o post:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s