94 ANOS

“Glória do desporto nacional
Oh, Internacional
Que eu vivo a exaltar
Levas a plagas distantes
Feitos relevantes
Vives a brilhar
Correm os anos, surge o amanhã
Radioso de luz, varonil
Segue tua senda de vitórias
Colorado das glórias
Orgulho do Brasil

O teu passado alvi-rubro
Motivo de festas em nossos corações
O teu presente diz tudo
Trazendo à torcida alegres emoções
Colorado de ases celeiro
Teus astros cintilam num céu sempre azul
Vibra o Brasil inteiro
Com o clube do povo do Rio Grande do Sul…”

Feliz aniversário, Inter. 94 aninhos. Tanto tempo que passamos juntos…

Fevereiro de 89: Semifinal da Copa União de 1988, Grenal no estádio Olímpico. Quem vence se classifica à final. O Grêmio está vencendo por 1 a 0 e o lateral do Inter Casemiro é expulso. Tudo indicava um Grêmio e Bahia na decisão. Eis que no segundo tempo surge Nílson, o artilheiro do campeonato, para marcar 2 gols e classificar o Inter para a final. Naquele momento minha alegria foi tanta que o menino gremista que morou dentro de mim até os quatro anos morreu naquele exato momento. Na semana seguinte, o Inter empataria em 0 a 0 com o Bahia no Beira-Rio e perderia o título brasileiro. Lembro-me vivamente – esta foi a primeira vez que eu chorei por uma derrota. Ainda no mesmo ano, pela Copa Libertadores, o Inter eliminaria o Peñarol com vitórias de 2 a 1 e 5 a 2, classificando-se ás semifinais. Depois de derrotar o Olímpia por 1 a 0 no Paraguai, conseguiu ser derrotado por 3 a 2 no tempo normal e também nos pênaltis no Beira-Rio. Essa foi a segunda vez que eu chorei.

Dezembro de 91: Final do Campeonato Gaúcho. A porcaria de time do Inter contra o hexacampeão Grêmio. Um empate em 0 a 0 deu o título ao Inter. Até hoje não esqueci uma frase que estava na revista Placar: “O centroavante Cuca se deu ao luxo de perder dois gols na frente do goleiro.” Acho que é porque eu nunca tinha ouvido a expressão “se dar ao luxo”. Foi o primeiro título que eu presenciei como vivo e colorado.

Dezembro de 92: Compareço à primeira final de minha vida. Inter x Fluminense, Beira-Rio lotado. O gol do título parecia que não viria mais quando Célio SIlva cobra o pênalti aos 42 minutos do segundo tempo no meio do gol e decreta a vitória. O que viria a ser a última conquista em nível nacional. Fui no jogo com meu pai (gremista), e lembro-me de na tarde do logo ter visitado o morro da TV com ele e minha avó, que viria a falecer alguns meses depois. Saudades da Vó Mada. E a escalação daquele jogo está viva na memória: Fernandez; Célio Lino, Célio Silva, Pinga e Daniel; Ricardo, Élson e Marquinhos; Maurício, Gérson e Caíco.

Agosto de 97: 5 a 2 no Grêmio no Olímpico. Hahaha. Uh, Fabiano.

Novembro de 99: Que Segunda Divisão o quê… Dunga cabeceia o cruzamento de Celso e garante o 1 a 0 que mantém o Inter na Primeira Divisão. Nesse jogo recordo chorar da tamanha alegria que eu senti quando o Dunga fez o gol. Só imagina cair pra Segunda Divisão… pssssss… coisa de perdedor.

Dezembro de 2000: Quartas-de-final da Copa João Havelange, e aquele time simplesmente esforçado do Inter vai eliminando o Cruzeiro em pleno Mineirão. E, faltando alguns minutos, Leandro Guerreiro entrega o gol para o Cruzeiro e joga fora chance de voltar a uma semifinal. Essa foi a última vez que eu chorei por futebol.

Memórias… enfim, muitas coisas ainda virão, muitos jogos pra fugir da Segunda Divisão, muitas finais de Gauchão… E continuarei ajudando a encher o estádio em jogos que não valem nada só pra poder dizer que a torcida do Inter é maior e melhor que a do Grêmio.

Anúncios

One Response to 94 ANOS

  1. […] parabéns ao Inter, que estava completando 94 anos. Vale a pena ver o post, de 4/4/2003. Cliquem aqui para […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s